Sistema ERP: o que é e por que integrar com sistema de automação

Você provavelmente já ouviu falar em sistema ERP, mas sabia que ele pode ser uma solução ainda mais eficiente dentro da indústria?

Se você ficou curioso e quer saber mais sobre o assunto, venha conhecer mais a fundo o que é ERP, quais seus benefícios e como integrá-lo a um projeto de engenharia de automação é o caminho mais rápido para o crescimento no mercado.

O que é um sistema ERP

Para entender essa relação entre sistema ERP e automação, primeiro é preciso conhecer melhor o que é um sistema ERP. A sigla para Enterprise Resource Planning (ou Planejamento de Recurso Corportativo, em português) diz respeito a qualquer sistema de informação que organize dados e processos empresariais em um único local gerenciável.

Quando se fala em sistema ERP, geralmente refere-se ao software que centraliza e automatiza a coleta e controle de dados, divido em três camadas:

  • a camada de interface, na qual o usuário interage, visualiza dados e gera relatórios;
  • a camada de processamento lógico, onde todos os dados da empresa são coletados e processados;
  • a camada de armazenagem, que organiza e indexa as informações para que o gerente responsável tenha sempre acesso rápido ao desempenho industrial.

Quais os benefícios do ERP para indústrias

A implementação de sistemas ERP tornou-se uma tendência mundial não só pela praticidade na coleta de dados, mas pelaa vantagem estratégica que a solução traz para indústrias de todas as áreas:

Otimização produtiva

Um dos maiores desafios da industria 4.0 é usar inteligência de negócio para extrair o máximo da estrutura que se tem em mãos, seja o equipamento no chão de fábrica ou processos administrativos.

Softwares ERP oferecem o insight que gestores precisam para atingir este objetivo: fazer mais com os mesmos recursos, ainda mais se integrados com a engenharia de automação.

Integração entre setores

Falando em setores produtivos e administrativos, a integração entre esses departamentos é uma fonte de redução de custos, agilidade de processos e competitividade no mercado.

Quanto mais rápida e eficiente for a comunicação entre essas áreas e o compartilhamento de dados, mais fácil fica ajustar processos, automatizar tarefas e executar novos planos de produção.

Controle estratégico

Tudo isso é possível através da boa implementação de um sistema ERP. Um software especializado permite que a empresa gere indicadores importantes sobre a produção, fornecimento, logística e finanças, tudo isso em uma central intuitiva e com várias ferramentas comparativas.

O ERP traz ao gerente uma visão mais completa de processos e poder para reconfigurá-los sempre que julgar necessário.

A importância do sistema ERP na automação industrial

Dentro das indústrias, o sistema ERP atinge seu máximo potencial quando integrado à engenharia de automação . Além de gerar a base para centralizar o controle de instrumentação de campo, ele se torna uma ferramenta poderosa para medir resultados e identificar possíveis ajustes.

As fábricas inteligentes da indústria 4.0 têm como principal característica a habilidade de se reconfigurar e adaptar o sistema de produção às necessidades do mercado. Enquanto a automação leva à fragmentação de processos para atingir essa flexibilidade, o software ERP é o responsável por gerenciar e integrar tantos sistemas em um ambiente único — eficiente, otimizado e nas mãos do profissional.

Você ficou interessado em saber mais sobre como o sistema ERP pode se integrar ao seu projeto de automação para aumentar a produtividade da sua empresa? Então entre em contato com a EngProcess! Nós temos as melhores ferramentas para centralizar e potencializar o controle industrial.

Gostou do post? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais, basta clicar em um dos botões abaixo…

 

By | 2017-09-08T09:15:53-03:00 8 de setembro de 2017|Categories: Indústria 4.0|Tags: , , , |0 Comments

Leave A Comment

Send this to a friend