Metodologia OEE – Entenda melhor como funciona o Indicador!

Uma empresa que gira em torno de sua produção para faturar, precisa levar em conta alguns fatores importantes de aproveitamento dos seus maquinários para garantir melhor lucratividade em todos os meses. Um desses fatores é o indicador OEE, que vem sendo utilizado como um meio de garantir que a produção esteja sempre em alta.

No texto de hoje, vamos entender de forma bem simples e direta o que é a metodologia OEE, como ela funciona e quais são as vantagens de aplica-la em uma grande indústria. Confira nesse artigo o que separamos!

O que é a metodologia OEE?

Vamos simplificar a metodologia OEE para uma grande indústria: trata-se de um meio utilizado para medir a eficiência da máquina responsável por determinada produção. Ou seja, estamos falando de processos que envolvem o maquinário e não a equipe em si – embora o método também faça levantamentos sobre pausas.
Bastante rigoroso e eficaz, a metodologia OEE precisa ser implementada aos poucos, de forma com que todo o processo não corra um risco maior do que o necessário.
No mais, temos que lembrar que medir o desempenho dos seus equipamentos garante mais produção e melhor qualidade.

Como funciona a metodologia OEE?

Embora ela precise de cuidado para ser implementada, a metodologia OEE é bastante simples de compreender. Basicamente, ela utiliza três fatores para se chegar a um resultado final, que é o produto da disponibilidade, performance e qualidade. Vamos explicar melhor cada um deles:

  • Disponibilidade – é o quanto aquela máquina trabalhou. Ou seja, o quanto tempo ela precisou ser pausada por questões de troca de turno, problemas técnicos gerais, como vazamentos, etc. Será feito um cálculo, que irá indicar quanto do turno a máquina trabalhou de fato e o resultado final é multiplicado aos demais abaixo
  • Performance – é o quanto aquela máquina produziu de acordo com o que ela poderia. Por exemplo, a sua velocidade. Aquela máquina conseguiu finalizar uma produção específica no tempo que era esperado ou ela teve baixo rendimento? Isso se transformará novamente em um percentual, que deverá ser anotado;
  • Qualidade – as peças que foram embaladas ou produzidas passaram pelo controle de qualidade? Se sim, qual o percentual delas? Uma máquina que produz com mais qualidade, rende mais lucro e tem o OEE maior.

Em resumo, o OEE é a multiplicação de todos esses percentuais em porcentagem. Temos então o total do OEE daquela máquina em específico.

Quais as vantagens de aplicar a  metodologia OEE em sua indústria?

Falamos em alguns textos no blog sobre o OEE e como ele deve ser implantado. Mas será que há vantagens práticas nesse tipo de metodologia? Separamos algumas delas que devem ser levadas em conta:

  • Menos riscos: Quando medimos o desempenho de uma máquina, temos menos riscos de errar no tempo necessário para uma quantidade a ser produzida. É mais fácil prever problemas quando as máquinas estão sendo monitoradas;
  • Mais produtividade: Obviamente, esse tipo de metodologia é excelente para evitar a queda na produtividade. Temos mais chances de garantir que aquela máquina possa atingir seu potencial máximo, aplicando as correções necessárias em cada caso;
  • Mais rentabilidade: Se a produtividade aumenta, temos mais rentabilidade da empresa. Além disso, há menos desperdício de materiais, mais chances de garantir uma boa performance e o lucro aumenta. Tudo isso é excelente quando falamos de uma indústria, que precisa desses fatores para crescer e se desenvolver.
  • Menos gastos com novos equipamentos: Vale dizer que a metodologia OEE tem o objetivo de melhorar a produção com aqueles equipamentos que já estão presentes na empresa. Com isso, a indústria evita ter que comprar novos maquinários sem necessidade, garantindo mais expansão sem excesso de gastos.

Em nosso blog, temos mais posts sobre OEE. Dê uma olhada e tire suas dúvidas sobre a metodologia, que vem sendo cada vez mais comum nas indústrias de diferentes tamanhos.

A EngProcess oferece uma solução completa de OEE concebida para atender os requisitos modernos da industria 4.0, composta por um gateway para coleta de dados e um software em nuvem para o tratamento de dados e disponibilização dos resultados em relatórios com as principais métricas, que vai te ajudar a melhorar sua produtividade usando os equipamentos que você já possui. Para conhecer a solução clique aqui.

Baixe agora o eBook gratuito e saiba por onde começar a implantação da indústria 4.0

ebook estratégias da implantação da indústria 4.0

E você, acompanha o desempenho dos equipamentos na sua empresa? Quais tecnologias você utiliza? Escreva seu comentário, participe e compartilhe com seus amigos nas redes sociais, basta clicar em um dos botões abaixo…

Leave A Comment

Send this to a friend