Supervisório ou IHM: qual o melhor?

Supervisório ou IHM? Qual deles escolher?, eis a questão. Ambos sistemas oferecem vantagens e desvantagens para a automação industrial.

Descubra quais são elas e decida de uma vez por todas qual é o melhor para monitorar, supervisionar e controlar equipamentos de manufatura. Acompanhe o post que preparamos!

Vantagens e desvantagens de sistemas supervisórios

Os sistemas também são conhecidos como SCADA, sigla para Supervisory Control and Data Aquisition. Permitem aos operadores controlarem, monitorarem e rastrearem todas as informações do processo a partir de uma sala de controle por meio de equipamentos de gerenciamento de dados.

Depois, essas informações são armazenadas, trabalhadas e apresentadas em uma visualização ampla ao usuário

Sistemas supervisórios tornam a automação industrial mais eficaz. Eles permitem a possibilidade de visualização geral do processo de forma rápida e o melhor controle das atuações dos operadores.

O uso de sistemas supervisórios para a atualização de sistemas antigos baseados em IHMs é uma boa estratégia para reduzir os custos de operação industrial. Em alguns casos, todo o investimento em um sistema supervisório complexo é menor do que os custos de uma IHM ultrapassada.

Sistemas supervisórios são facilmente programados e permitem que a qualquer momento você possa alterá-lo para que ele seja adaptado a alterações do processo.

Você pode saber mais sobre sistemas supervisórios, neste outro artigo do Blog.

Vantagens e desvantagens de sistemas IHM

IHM é uma sigla para Interface Homem Máquina, ou seja, é a denominação da experiência de interação gráfica entre um humano e um equipamento computadorizado.

Por oferecer telas mais enxutas, é um sistema que facilita a operação e torna os controles mais simples e eficazes.

Outro benefício trazido pelos IHMs é a possibilidade de acompanhamento em tempo real do resultado de suas atuações.

As IHMs normalmente são instaladas próximo ao processo, e assim permitem a intervenção rápida pelo operador sem a necessidade de ir até uma sala de controle.

Uma das maiores barreiras de implementação de um sistema baseado na interação homem máquina, o custo, vem sendo reduzida ao longo dos últimos anos. Entretanto, os sistemas mais antigos, de quinze ou vinte anos atrás, ainda são muito custosos.

Por serem mais robustos, sistemas baseados em IHMs são mais duráveis na comparação com os sistemas supervisórios. Eles podem ser usados por anos a fio com um investimento mínimo em manutenção.

O único porém é: se a empresa planejar uma modificação ou troca dos equipamentos de automação industrial. Por mais que sejam criados novos recursos, a tendência é que sistemas IHMS continuem compatíveis com os projetos descontinuados, o que traz prejuízos ao desempenho.

Supervisório ou IHM: o veredito

Agora que você conhece as vantagens e desvantagens dos dois sistemas deve ter percebido que não é tão simples assim responder qual o melhor dos dois. Depende do contexto e objetivos procurados por cada profissional. Quais são os seus?

Faça essa análise, releia as características de cada um e descubra qual sistema se encaixa melhor no que você deseja.

Depois, siga nossas páginas no FacebookTwitter, Linkedin e Instagram e nos conte: qual foi o sistema que você escolheu entre Supervisório ou IHM!

Gostou do post? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais, basta clicar em um dos botões abaixo…

By | 2017-07-07T19:48:49+00:00 29 de abril de 2017|Categories: Automação industrial|Tags: , , , , , |0 Comments

Leave A Comment

Send this to a friend