Instrumentação industrial sem fio: como impacta as fábricas?

A instrumentação industrial é uma das bases mais importantes para a implementação de sistemas de automação em fábricas. Nos últimos anos, essas duas áreas têm sido completamente modificadas por meio da adoção de tecnologias sem fio ou, em inglês, wireless.

A instrumentação industrial sem fio está transformando as fábricas em locais mais organizados e eficientes. Mas, afinal, o que isso significa? Qual o impacto dessas tecnologias no dia a dia da indústria?

Continue lendo para entender mais sobre as soluções de instrumentação industrial sem fio!

O que é instrumentação industrial sem fio?

A instrumentação industrial é, em termos gerais, uma ciência que se dedica a desenvolver e aplicar instrumentos de medição, indicação, registro e controle de variáveis de processos industriais. Isso significa que todo o controle dos processos nas fábricas só é possível graças à instrumentação.

Na instrumentação tradicional, os equipamentos que fazem esses controles são ligados por cabos. Já na instrumentação wireless, os sensores, receptores e transmissores são capazes de receber e enviar sinais sem a necessidade de cabos. Essa comunicação se dá, normalmente, por meio de ondas eletromagnéticas.

Como ela impacta as fábricas?

As comunicações wireless trazem benefícios para as fábricas na medida em que reduzem o custo de instalação, já que os cabos e demais acessórios são eliminados. Isso também facilita os trabalhos de organização e manutenção da estrutura física.

Além disso, por não serem necessários cabos, a inclusão ou retirada de equipamento se torna mais prática, garantindo a flexibilidade da estrutura.

A instrumentação sem fio também permite que os dados transmitidos pelos equipamentos sejam reunidos em um só lugar, facilitando o monitoramento dos sistemas e a tomada de decisões.

Por fim, a grande vantagem do uso de redes wireless se refere à modernização das fábricas de uma maneira geral. As tecnologias wireless permitem a conexão das máquinas e equipamentos à internet e às redes da empresa.

Com isso, as plantas ficam alinhadas com as principais tendências tecnológicas, como internet das coisas industrial, fábricas inteligentes e indústria 4.0.

Quais são as principais tecnologias sem fio?

Além de optar pela instrumentação industrial sem fio, os profissionais e empresas também precisam decidir qual tipo de protocolo de comunicação será utilizado.

A maioria das comunicações utiliza a tecnologia de rádio IEEE 802.15.4, que é uma norma que trata das redes wireless do tipo WPAN (redes de área pessoal). Conheça dois tipos de tecnologia!

WirelessHART

O HART foi desenvolvido na década de 1980 e é um dos protocolos mais utilizados para comunicação digital. Nos anos 2000, ele ganhou sua primeira versão para comunicação sem fios. Ele opera na faixa de rádio ISM 2.4GHz e permite a coexistência entre instrumentos instalados que são baseados em outras tecnologias wireless.

ISA 100

A ISA 100 é uma norma que define padrões de comunicação digital com redes sem fio em diversas áreas, incluindo a instrumentação industrial. As redes que seguem o padrão ISA 100 oferecem suporte a diversos protocolos, inclusive o HART.

Além desses dois padrões, as indústrias também utilizam, por exemplo, comunicações Bluetooth e o protocolo Zigbee. A escolha da tecnologia mais adequada precisa ser feita de acordo com a necessidade de cada fábrica e deve ser realizada por profissionais qualificados, que entendem as características de cada uma delas.

E aí, você quer saber mais sobre instrumentação industrial sem fio e como aplicá-la na sua empresa? Então, entre em contato conosco agora mesmo e tenha os melhores profissionais à sua disposição!

Prestigie nosso conteúdo compartilhando com seus amigos nas redes sociais, basta clicar em um dos botões abaixo…!

Leave A Comment

Send this to a friend